sábado, dezembro 13, 2008

Palavras


Apetece-me escrever.
Apetece-me expulsar palavras.

Enclausuradas, a sofrer,
Ansiando a liberdade de um momento

Brotam de mim, a correr
Mais rápidas que o próprio pensamento.

Fluem, sem escolher,
Uma ordem definida entre elas
Que por tão confusas se tornarem
Acabam por definhar,


Morrer!

4 comentários:

Vivi disse...

Então não guardes as palavras.
Solta-as!
=)
Liberta a tua mente.
Revela-nos as palavras que nos tocam no coração sempre que viemos aqui ler mais um poema teu.
=D

espanyol disse...

eu acho é que devias deixar o java e o C pra poderes falar mais :P

alias, devias deixar de vez o computador e falar em PASSEAR! xD
nem que seja ao teatro :P

BlondieGirl disse...

-_-

Mas quem falou em C ou Java? Não poluas o meu rico blog com nerdisses! LOL

Até parece que eu não queria passear... =(

Mas já fui ao teatro, e muito bem! :D

Miguel disse...

Por favor esqueçam o C e o JAVA e os best sellers do Manuel Damas LOL

Gosto do teu blogue :)

Beijinho