sábado, outubro 04, 2008

Vinte


Vinte Primaveras passaram por mim,
Como algo que nos escapa pelos dedos
A correria desta vida que terá um fim
Não há tempo para medos!


Viver um dia de cada vez é treta
Quero viver todos de uma só vez
Planeio o futuro com muito amor
Penso no passado para evitar a dor...


Continuo prendida por algo superior,
A minha vida ainda mal começou!
Enfim livre, voarei para bem longe
Deixar liberto aquilo que sou!


Quero viver,
Quero voar!

Lutar pelo meu grande sonho,
Enquanto há força para continuar!

4 comentários:

João disse...

Exactamente! =)
E nos ca estaremos para ajudar a ires por ai fora p seguir os teus sonhos!
Ate la.. trabalho, trabalho, trabalho para depois proveito, proveito,proveito! =D

**

baril_anjo2 disse...

Parabéns, nem sabia que tinhas feito anos :( Que contes muitos.

Ricardo disse...

Peço imensa desculpa por não lhe ter dado os parabéns a tempo!

Já és uma mulher madura ;P

Bjinhos do teu colega peoplewariano (e agora vizinho lisboeta),
Ricardo

Sue H disse...

Obrigada mana (:
adoro este texto, sabes disso !


Beijinhos da irma*