sexta-feira, novembro 23, 2007

Cansada


Cansada da mente,
Cansada de espírito

Cansaço que não cessa.
Este estado que bem não faz.

Por mais que seja o descanço
Não há momento em que não peça
Mais um minuto de paz.

Quero uma vida descansada,
Livre de preocupações e embaraço constante
Só quero sentir-me mesmo amada
E afundar-me naquele abraço reconfortante!

Quero adormecer, para sempre desfalecer...
Esquecer a correria e todas as desilusões
Que ao longo da minha vida me fizeram ver
Que o que cansa de facto, são as emoções!

Felizmente, a minha curta experiência
Ensinou-me que existem emoções que pouco cansam...
Aquelas que alegremente enchem os nossos corações
E que embora pensem atingir o limite,


Jamais o alcançam!



Ouvindo: Desert Song - Akrabu

1 comentário:

Teresa disse...

Gosto.
Escreves muito bem, mas isso tu já sabias...
Gosto porque te compreendo. Gosto porque talvez perceba um pouco daquilo que sentes. Gosto...

Cansada? Sim...muito mesmo. De tudo. E por momentos, cansada de todos e até de mim. =X...
Uma fase? Talvez...Mas esperemos que passe rapidinho, porque mais que cansaço, torturante...

Mas mesmo assim, fico muito feliz por conhecer pessoas muito queridas e fantasticas como voce, que, para alem de tudo isto, uma bela escritora ;P!

Beijonne Mais que grandonne ^^
(Sim, tambem gosto muitinho de ler palavrinhas bonitas nos meus REFLEXOS ;P!)