sábado, janeiro 26, 2008

Akherousia

[Lyrics by Anders Jacobsson of Draconian , 16/05/2003]



My light slowly fades away
My hope's gone and went astray
But I see their dark dream-sails...

Take me away... from here!

In the cold of winter I found the other half of me.
An amethyst broke through the walls of silent solitude.
But we are lost in a world of despair,
So we head for the ocean; a destination unknown...

Maybe they want me to come on board
Maybe I'm cursed here to stay...
But maybe they want me to come on board

Maybe they'll gather all the lost souls...
Maybe they've heard our mournful cries...
And maybe they want us to come on board.


Quantas vezes sentimos a nossa luz atenuada... a esperança que alimenta o filamento da vida parece ter-se esbatido...

Olhamos para o lado, continuamos a ver pessoas "felizes", por mais obscuras que sejam as suas intenções, por mais que se aproveitem de quem é verdadeiro e honesto. São esses que sobrevivem hoje em dia!
E acabamos por nos envolver nesta onda de corrupção e hipocrisia.

Leva-me daqui. Quero ser alguém, não quero ficar sozinha!

Se estamos perdidos num mundo esgotado de esperança, vamo-nos dirigir para o oceano, para o desconhecido!

Talvez eles queiram que embarquemos nessa viagem. Ou estaremos condenados a ficar no mesmo sítio?
Talvez tenham ouvido as nossas preces e acolham as nossa almas perdidas...

Vamos embarcar nesta corrupção.

Seremos felizes?

2 comentários:

Nuno J. Silva (aka NJSG) disse...

Em corrupção duvido que vá embarcar, nem do próprio termo "corrupção" eu gosto...

É triste que seja verdade que a esperança começa a desaparecer, quando ela deveria ser a última a morrer. Something must be done! Talvez embarcar, não na corrupção, mas noutra embarcação... qual?

Com o filamento da vida pálido como o vejo, espero encontrar uma embarcação em breve. Não pode é ser corrupta, nem chamar-se Titanic.

Sim, porque é proibido este filamento empalidecer durante tanto tempo!

! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! disse...

Pois é Ana...mas é com a corrupção que passaremos eternamente a viver, por mais que nos custe. =/

Se Seremos felizes? Sim, cada um à sua maneira no respectivo contexto de felicidade...Sim. O problema é que muitas das vezes não damos o valor necessário à felicidade que se vive. É tipo aquela velha história do copo meio-cheio e meio-vazio. É que depois de derramar o resto do que se tinha sentimos a falta do meio-cheio porque não nos calávamos com o meio-vazio. Insatisfação.

Outro belo tema =D
Outra bela ideia ;P
Outro Grande Beijonne e Keep Going!